Publicado por em dez 6, 2012

As primeiras embalagens surgiram da necessidade de proteger, conservar e transportar alimentos. Elas preservavam os produtos, aumentando a sua durabilidade. Hoje em dia é difícil imaginarmos a vida sem elas. Estamos tão acostumados, que muitas vezes não separamos embalagem de conteúdo, considerando os dois como uma peça única.

A embalagem deve identificar bem o produto, expor suas características e transmitir todas as informações necessárias com boa legibilidade e clareza, facilitando o entendimento do consumidor. Ela deve oferecer também proteção adequada ao produto e permitir uma boa acomodação nas prateleiras.

O design da embalagem influencia a nossa escolha muito mais do que imaginamos. Além de fornecer informações sobre o produto e protegê-lo, ela é uma importante ferramenta de vendas, pois está presente em um momento decisivo, onde o cliente concretiza a sua compra. Ela deve ter apelo de mercado, já que a maioria dos produtos não tem comunicação de apoio e dependem exclusivamente dela para competir no mercado. O uso correto de imagens, cor e tipografia e a escolha adequada dos materiais fazem com que ela agregue valor e significado ao produto, tornando-o mais atraente e desejado.

A embalagem é tão marcante e presente em nossas vidas que compramos produtos muitas vezes em função dela. Quando analisamos produtos similares e ainda continuamos com dúvidas, um dos fatores que define a nossa preferência é a embalagem. Optamos sempre pelo produto que se apresente melhor ou que aparente ter qualidade superior.

E as embalagens vão se adaptando para acompanhar a aceleração da vida moderna. Por conta do agitado dia-a-dia, em que realizamos mais de uma atividade ao mesmo tempo e acabamos consumindo produtos ao longo do nosso trajeto, as embalagens são desafiadas a seguir estas mudanças. Em função disso, novas soluções são lançadas no mercado, visando ao aumento da praticidade para o consumo de diversos produtos. São embalagens que podem ser seladas novamente ou que contêm quantidades menores do produto, embalagens de bolso, embalagens para consumo individual, embalagens que podem ser aquecidas e consumidas diretamente… elas vão se moldando a novos estilos de vida e diferentes comportamentos de consumo.

Algumas embalagens são muito bem elaboradas que acabam até tornando-se artigos de luxo. O que dizer dos frascos de perfume? Eles se destacam tanto que frequentemente esquecemos ser a fragrância o principal elemento. Embalagens inovadoras, que rompem com as regras e convenções a que estamos acostumados, dão ao produto uma vantagem única para se destacar dos demais e provocar a emoção desejada no cliente. Muitas vezes são tão inusitadas, que acabamos colecionando-as mesmo após seu uso.

Para isso é muito importante um bom projeto de embalagem, que valorize o produto e o diferencie no ponto-de-venda, posicionando-o de forma estratégica em relação aos seus concorrentes e impulsionando suas vendas. Ela é um fator decisivo para garantir o sucesso do produto e da marca que representa.

Para ver projetos desenvolvidos nesta área pela Interligar, clique aqui.